sábado, 15 de julho de 2017

Microblanding | Passo a passo do meu procedimento

"O que é Microbanding? Dói? Dura quanto tempo? Quais são os cuidados? É tipo tatuagem? Com que você fez?".

Essas foram apenas algumas perguntas que surgiram no meu perfil do Instagram @achados_rj quando fiz o procedimento nas minhas sobrancelhas há três meses. Prometi fazer uma post sobre todo o procedimento, mas ele saiu só agora porque eu queria ter certeza de que no final ia dar tudo certo e que eu ia curtir realmente a mudança, afinal foi uma baita mudança! Olha só:



Eu nunca tinha nem feito as sobrancelhas com profissional. Desde os 15 anos fazia sozinha, em casa mesmo, e tentava defini-la com maquiagem. Mas conheci a técnica e, vendo como ficava lindo nas pessoas, resolvi fazer. 

Foi uma boa pesquisa antes para ter certeza se eu queria mesmo fazer e para saber a diferença entre micropigmentação e a microblanding - "e qual é a diferença, Nati?". Como não quero tornar esse post uma resenha técnica, mas sim dar o meu relato, vou fazer um resumo: as duas fazem o mesmo, que é aplicar um pigmento na camada mais superficial da pele simulando os fios da sobrancelha. Porém, enquanto na micropigmentação o aparelho usado é o dermógrafo, na microblanding usa-se o tebori, que permite fios mais finos, precisos e mais naturais. A duração é entre um ano e um ano e meio conforme cuidados e tipo de pele, então não é como tatuagem, que dura para sempre, justamente porque o tebori chega apenas à camada superficial da pele, enquanto o aparelho específico de tattoo vai à mais profunda. Para mais detalhes, recomendo que procure um profissional da área, pois não quero informar nada errado, ok?

"E como se faz?" Primeiro o profissional vai desenhar sua sobrancelha de acordo com o seu rosto, dando a sugestão do que fica mais harmonioso... Após os rabiscos com o lápis branco, há o preenchimento com lápis e é nessa hora que você simula o resultado, dá suas sugestões e diz como quer ou não, pois depois disso não tem volta... O procedimento, apesar de ter anestésico, é dolorido, mas suportável. Umas pessoas sentem mais outras menos, então é difícil comparar se dói mais que uma tatuagem, por exemplo. Da conversa, definição do desenho e o procedimento em si, tudo durou mais ou menos uma hora e meia.

"E depois, acaba por aí?". Não! Após sair com as sobrancelhas bem escuras do pigmento, relaxe pois ainda tem alguns dias de cuidados. Parece que ela nunca vai clarear, mas depois de uns 10 dias ela começa enfim a ficar mais natural. Eu demorei um pouco a me acostumar pois eu mudei completamente o formato, mas isso é gradual... Conforme os dias foram passando não me via mais sem elas e só depois percebi como minhas sobrancelhas antes eram ralas e falhadas.

Postei no meu Instagram todo o processo de cicartização.

Dentre os cuidados para a cicatrização - afinal, você fez feridinhas na pele -, alguns são: usar bepantol, não lavar o rosto no primeiro dia, passar gelo na área, evitar alguns alimentos, não pegar sol ou tomar banho de mar por alguns dias... Mas isso quem vai te passar direitinho é o profissional ;)

Depois de dois meses, se precisar, tem o retoque. Recomendo fazer os cuidados direitinho para a pigmentação "pegar" bem na pele, afinal ninguém merece fazer tudo de novo! Inclusive hoje foi o meu e tive que retocar poucos fios - amém! 

"Contou tudo, mas não o principal: que fez a microblanding em você?". Fiz com a Talita, uma profissional super competente e atenciosa que foi indicação de uma amiga. Recomendo muitíssimo, afinal ela é maravilhosa e tem o preço mais acessível que pesquisei. Quem quiser fazer o orçamento é só entrar em contato pelo Instagram @talitadesignersb. Ela atente em São Gonçalo e Niterói.

Espero que tenham gostado do meu relato! Mas agora conte você: já fez? tem vontade? o que achou da minha mudança?

Bjs,





Um comentário:

Pri Santos Oficial disse...

Adorei!!! Até me animo a consertar minhas falhas...RS.beijos!