sexta-feira, 3 de novembro de 2017

TRIP | Um fim de semana em Teresópolis

Essa é uma cidade perfeita para aquela viagem rápida para descansar. Teresópolis fica a cerca de uma hora do Rio e em um instante você chega para aproveitar o que o local tem de melhor: tranquilidade, boa comida e passeios para todos os gostos. No inverno também é bom para curtir um friozinho, mas na semana que fui estava dando até piscina! Como é bem pertinho, tem os que prefiram apenas passar o dia e o melhor é que dá para aproveitar perfeitamente. 


Onde ficar?

Recebi a ótima indicação da Pousada Matitaterê. Ela fica no bairro Alto, próximo à Feirinha, apesar de eu ter achado longe para ir andando. As instalações estão novas e em perfeito estado, além de muito bem decorado em todos os detalhes. O quarto tem um bom tamanho, com tudo extremamente limpo e uma maravilhosa cama. O café é simples, mas variado com bolos, pães, frutas, iogurte, ovo mexido, pão de queijo, sucos, frios e outros. A única coisa que deixou um pouco a desejar foi a limpeza da piscina, mas só tenho elogios à pousada, que tem um ar sofisticado e até lembra em alguns momentos um hotel.


Pousada Matitaterê
O local do café também é fofo e bem decorado.
Pousada Matitaterê
A área da piscina: pena que estava suja no dia.



Onde comer?

Minha primeira indicação é o Viva Itália. Muito recomendada por todos que vão à cidade, o local é um complexo com uma loja, uma sorveteria e o restaurante "É vero!". As especialidades da casa, é claro, são as massas. Provei o Polpetone de carne com recheio de muçarela e Nhoque aos Quatro Queijos. A carne estava maravilhosa, mas achei que o Nhoque poderia estar mais saboroso. O preço não é dos mais baratos (confira aqui o cardápio com todos os valores), mas é super bem servido. Todos os pratos servem duas pessoas (dependendo serve até três). Não recomendo a sobremesa que escolhi: um Petit Gateau de limão, que nada mais é do que um bolinho de limão (sem recheio molinho) com um sorvete puríssimo (e bem azedo) também de limão. Achei enjoativo demais. Indico a Taça de Ferrero Rocher, escolha certa do marido. O local é lindo, todo decorado de Natal e acho que vale a pena ter essa experiência, apesar da conta ter ficado salgada.


Viva Itália
Amo um Papai Noel!
Viva Itália
Dá para comprar as comidinhas servidas no restaurante!

Outro local lindo para visitar é a Vila St. Gallen. Lá tem, além de lojinhas, restaurante e pub, uma visita guiada para acompanhar a fabricação de cerveja. Se essa não é sua praia, você pode entrar apenas para visitar o espaço, que é uma verdadeira vila germânica com direito a casinhas cenográficas e igrejinha. Não comi por lá, mas quero experimentar o cardápio na próxima vez.

Outra indicação é o Paradise Garage. Um pub com música boa e ao fundo uma oficina, onde dá para apreciar relíquias como fuscas e kombis. Vale a pena visitar e, claro, comer. Minha pedida foi hambúrguer, mas tem muitas outras opções de petiscos e bebidas. No dia que fui não tinha música e estava bem vazio, mas creio que não é tão tranquilo assim em todos os finais de semana. 


Paradise Garage
A maionese temperada estava ótima!
Paradise Garage
A oficina é uma atração a parte.




O que fazer?

Além de comer muito? Passear, claro! O ponto mais famoso, com certeza, é a Feirinha do Alto. Preferi ir no domingo e estava lotada! Muitos produtos artesanais, mas não achei muito bom para roupas. Os preços estavam ok, não muito diferente de outras feirinhas que já fui.

Feirinha de Teresópolis
Ganchos de parede individuais por apenas R$ 5.
Feirinha de Teresópolis
Capas de almofadas em várias estampas por R$ 10.

Se você gosta de curtir trilhas e cachoeiras, dê uma passada no Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Não é barato para entrar (R$17 por pessoa para não moradores da região + R$15 de estacionamento), mas vale se você gosta de relaxar e ter contato com a natureza.


Parque Nacional da Serra dos Órgãos
Para tomar banho ou só apreciar.
Trilha Suspensa do Parque Nacional da Serra dos Órgãos
Trilha suspensa.


Faça também uma visita rápida à Granja Comary, onde a seleção brasileira treina. A vista é bonita e é um bom lugar para tirar fotos, assim como o Mirante do Soberbo. Lá tem visão privilegiada do Dedo de Deus e fica bem na entrada da cidade.



Roteiro:

Baseado na minha experiência, vou montar para vocês um roteirinho de fim de semana, com chegada na sexta à noite, afinal somos pobres mortais e trabalhamos, né?

SEXTA
Noite: Jantar no Viva Itália com direito a apresentação dos "garçons encantodores" (música ao vivo que só ocorre nesse dia da semana)

SÁBADO:
Manhã: Curtir a tranquilidade do Parque Nacional da Serra do Órgãos
Tarde: Almoçar e tirar fotos na Granja Comary
Noite: Aproveitar uma música no Paradise Garage

DOMINGO:
Manhã: Passear e comprar na Feirinha 
Tarde: Finalizar com uma visita à Vila St. Gallen e almoçar por lá
Noite: a parte mais chata... Final da viagem.


Bom, essas foram minhas indicações para uma viagem rápida, mas com certeza Teresópolis tem muito mais a oferecer. Quais são as suas dicas? Me conta aqui nos comentários!

Bjs,


segunda-feira, 9 de outubro de 2017

BazarZin | saiba como foi o bazar das bloggers

Da esquerda para a direita: Thatiana Salles [@achados_poderosos_], Simone Duarte [@bolsos_furado], Nathaly Cunha [@niteroiensebasica], Thamara Batista [@achadosdatham], Adriana Temer [@achoquesoublogieria], eu, Amanda Valente [@achadosfashion_rj] e Gabs Taranto [@achadosdagabs].

No último sábado, dia 07 de outubro, aconteceu o BazarZin, e você que me acompanha no ig @achados_rj provavelmente já sabe do que eu tô falando. Eu e mais sete bloggers (foto acima) nos juntamos para organizar um bazar com os nossos desapegos, mas não era só isso: queríamos uma vibe boa, com comidinhas, sorteios para nossas seguidoras e também transformar esse momento em uma forma de ajudar a quem precisa com doações de alimentos e lenços para mulheres que estão passando pelo câncer (olha o Outubro Rosa, aí!). Assim nasceu o evento, que contou com a ajuda de vários parceiros maravilhosos.

Batata (delícia) do Vall (acima) e os
chocolates do Mirandas Doces (abaixo).
O local foi a Casa 137, no Grajaú. Um espaço de beleza lindo que nos recebeu de braços abertos. Para as comidinhas, tivemos a participação do @batatadovall_oficial, com delícia de batata rostie, e o @mirandasdoces, com palha italiana, bombons, pão de mel, etc. Hummmm...


Nossos desapegos estavam bem baratinhos (minhas peças estavam a partir de R$ 5!), mas eu desconfio que para quem estava no evento a melhor parte mesmo foi a dos sorteios. De meia em meia hora tinham prêmios maravilhosos. Quer um exemplo? Que tal ganhar um kit completo de produtos para cabelos da Yensah? Ou então um voucher para comprinhas na Mercatto? E teve muito mais! Além dessas duas marcas, olha o time de peso que nos apoiou:  @secretabiju@melaninagifts,@lojavonter@aline.massa,@triboggaia,@browniecafe,@priladeiraestetica@espacolaser@karinabarretoarquitetura@zhoe_calcados_femininos@lumiereboutiqueoficial e @_flabiju.

Vários kits da Yensah foram sorteados.

Vamos falar agora da parte da decoração? Não ficou lindo? Ideia da Simone @bolso_furado e da Amanda @achadosfashion_rj. A execução foi por @rangel_arquitetura juntos com os nossos maridos. Para os itens de decoração, além dos que as meninas trouxeram das próprias casas, contamos com a colaboração da @festarialocaoes e da @multitop_presentes_rio (lojinha da Saara que eu simplesmente amo)!


Não posso deixo deixar de comentar sobre as camisas especialmente produzidas pela Citycol para usarmos no evento (e também foram sorteadas), com direito à estampa da Gabs @achadosdagabs.

Ah, todas as fotinhas desse post foram da fofa @brunamellofotografia.

A pessoa tava cansada, mas feliz! :)

Foi cansativo como todo evento feito pelas próprias mãos, mas muito gratificante! Agradeço a todos que foram para prestigiar, comprar, tirar foto e se divertir. Que venham mais eventinhos como esse! 

Bjs,





domingo, 6 de agosto de 2017

Top 5 | itens da moda que odiava e agora não vivo sem

Entra ano, sai ano e a moda vai mudando, ou nem tanto... Tendências vão e voltam e provavelmente você deve estar usando neste exato momento algo que tenha referência a outra década. Os anos 80 e 90, por exemplo, estão invadido os armários sem nem percebermos e com certeza você já se pegou adorando algo que há pouco tempo atrás achava cafona, estranho e nem imagina que hoje iria usar. É disso que quero falar neste post.

Separei cinco itens da moda atual que até há alguns meses atrás eu nem pensava em inserir nos meus looks... Quer saber quais são? Vamos lá!


1. Choker

Quem se lembra daquelas gargantilhas que imitavam tatuagem dos anos 90? Realmente essas eu continuo achando péssimas, mas as gargantilhas voltaram de outras formas e de vários tipos, das mais delicadas às mais ousadas para contemplar todos os estilos. Eu mesma não tiro do pescoço pois acho que completa muito bem os looks.

Choker anos 90
A primeira, dos anos 90, e as outras mais atuais e bonitas.

Antes de comprar a primeira (que foi R$3,00 na Saara e é a que eu mais uso), achava que ia incomodar ou ia ficar com aparência de adolescente. Que nada! Se você nunca usou, recomendo experimentar. O único perigo é se viciar!

2. Cintura alta

Lembro de ver fotos minhas de criança e achar bem estranho aquelas roupas "santropeito", afinal minha adolescência foi marcada pelas calças baixas, que não consigo mais me imaginar usando. Elas deformam e não valorizam em nada a silhueta feminina.

Cintura baixa
Britney e eu mandando ver na cintura baixa no início dos anos 2000 hahaha

Quando as calças de cintura alta voltaram ao cenário da moda resisti e tive muito preconceito, mas agora acho muito mais bonitas e justamente aquelas bem altas, não apenas as que tapam o umbigo. Isso também serve para shorts e saias, acho mais elegante, vocês concordam?

Inspirações looks com cintura alta
Lia Camargo | Camila Coelho | Eu


3. Moletom

Sempre achei roupa de dormir no frio, até começarem a aparecer nas lojas os estilos mais femininos, ajustados e com pegada fashionista. Pronto, agora não tiro mais e acho que minhas seguidoras do Instagram @achados_rj já cansaram de ver tantas fotos com o moletom que mais uso, que foi apenas R$24,99 na loja Citycol (foto abaixo).

Inspirações looks de moletom
Thássia Naves | Bruna Marquezine | Eu


4. Saia midi

Introduzido pela Coco Chanel nos anos 20, o comprimento voltou a ser usado e até há pouco tempo achava que não me favorecia, afinal tenho 1,58m de altura. Mas quer saber? Tô nem aí! hahaha Realmente existem roupas que favorecem mais cada tipo de corpo, mas acredito que não dá para viver presa nesses padrões. Já é hora de nos libertarmos dessas limitações e, se você se sente bem com uma roupa que dizem não cair bem, por que mudar seu gosto apenas para agradar aos outros?  

Inspirações looks com saia midi
Dani Noce | Marina Rui Barbosa | Eu

5. Tênis

Outro item que não curtia, pois achava esportivo demais e difícil de combinar. Alguns modelos mais delicados apareceram e eu comecei a inserir aos poucos nos meus looks. Agora adoro usar com saia e vestido, coisa que há uns anos achava impossível!

Inspirações looks com tênis branco
Karol Pinheiro | Luisa Accorsi | Eu

Me diverti muito fazendo esse post e acabei descobrindo que tem muito mais de cinco itens... Tô pensando em fazer a parte 2, o que acham? Compartilhem comigo nos comentários se querem a continuação desse assunto e se vocês também têm itens que não curtiam, mas agora amam.

Bjs,